Chloe
Female
Portugal
   

<< March 2012 >>
Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat
 01 02 03
04 05 06 07 08 09 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31



If you want to be updated on this weblog Enter your email here:



rss feed










 
Monday, March 26, 2012
velas azuis a provocar incêndios
tu foste lentamente habitando o meu quarto
sem que eu me apercebesse que lá estavas
pensei que tivesses ido embora quando o teu
cheiro mudou, eu lembro-me que o teu cheiro mudou,
já não era o cheiro do meu amor, era o cheiro de outro
homem, e eu não queria que esse homem fizesse amor
comigo ou fosse comigo ao cinema, eu precisava de tomar
banho para retirar esse homem de mim, sabes, eu odeio
ter o cheiro de desconhecidos no corpo.
talvez o meu cheiro também tenha mudado, mas tu não te importaste.
eu pensei que o meu amor tinha morrido com o teu cheiro,
e o meu quarto foi perdendo espaço, os móveis cada vez mais
próximos uns dos outros, a cama, mal dando para mim, tu,
a prender-me os movimentos, mas ainda cabendo, cabendo
para ti e para todos os outros.
eu amei-te quando te queria amar, e quando não queria
o teu cheiro mudou, as tuas mãos pareciam outras,
os gritos, durante a noite, porque tu, porque eu,
os amantes, porque eu, porque tu, porque o amor,
a dizer-me que eu posso
querer.
agora que o meu quarto tem espaço, não cabe lá mais ninguém,
por muito que eu queira,
sabes que eu sempre amei porque quis,
e eu ouço-te respirar, perto do peito, sem nunca te conseguir ver.
às vezes acendo um cigarro e quase vejo os contornos do teu rosto.
sempre que te tento abraçar, o fumo desvanece, e eu volto a encostar-me
à parede, a gritar o teu nome tão furiosamente, que toda a gente, se visse,
diria que
algures na minha cabeça, eu estou doente.

Posted at 04:33 pm by Chloe

sandra
March 27, 2012   12:35 AM PDT
 
texto 112. faz sentido.
mancha
March 26, 2012   07:35 PM PDT
 
é muito lindo até eu me identifico com ele... como amar dói e vai sempre doer... depois as pessoas perdem-se no tempo e fica aquele vazio sufocante e mortuário
 

Leave a Comment:

Name


Homepage (optional)


Comments




Previous Entry Home Next Entry